.

Concurso de berrante é um dos destaques da Festa do Peão de Barretos 2017

Tão Tradicional quanto a Festa, campeonato avalia e premia os melhores berranteiros do País


Créditos: André Monteiro
 Concurso de berrante é um dos destaques da Festa do Peão de Barretos
Destaque dentro da Festa do Peão de Barretos, Concurso de Berrante será realizado no dia 26 de agosto, no Rancho Ponto de Pouso
Tão tradicional quanto a Festa do Peão de Barretos, o berrante faz parte da cultura brasileira e da memória sertaneja. E durante a 62ª edição da festa, a tradição tropeira se mantém viva com o Concurso de Berrante.

“O propósito é manter essa tradição do peão boiadeiro, do condutor da boiada. Homenagear os berranteiros de todo Brasil”, diz Armando Garcia, organizador do concurso.

A competição, que é realizada desde a primeira edição da Festa do Peão, reúne berranteiros do todo o País para eleger quem se sai melhor nas apresentações em cinco tipos de toque. Isso mesmo! Do instrumento feito com os chifres do boi é possível tirar pelo menos cinco toques diferentes. E o som do berrante alcança até três quilômetros de distância.

Uma comissão formada por três juízes avalia o desempenho dos candidatos nos toques: “Saída ou Solta”, som usado para despertar a boiada de manhã; “Estradão”, toque que reanima a boiada na estrada; “Rebatedouro”, toque de aviso de perigo; “Queima do Alho”, aviso aos peões da hora do almoço; e o “Floreia”, um toque livre, que pode ser uma música para divertimento.

E vencer todas essas etapas e ser consagrado com o prêmio de R$ 1.000 não é tarefa fácil. Alceu Garcia, 70 anos, berranteiro que coleciona 38 vitórias na competição masculina em Barretos, diz que um dos segredos é raiz na cultura sertaneja. “É mais fácil para quem tem essa ligação, essa paixão. E também tem gente que nasce com o dom”, diz.

Ainda segundo ele, também é preciso muita dedicação. “Tudo é treino. O berrante é um instrumento musical e também precisa de prática.”

O Concurso também tem a categoria feminina e as mulheres estão ganhando destaque a cada edição. Um destes destaques é Daniele Ferreira Santos. Conhecida como Danny Berranteira, ela venceu sete vezes na categoria feminina do concurso em Barretos. Começou a tocar com 15 anos de idade, ensinada pelo pai. Ela começou a participar de concursos e treinar para as competições.

Na edição deste ano em Barretos, serão 15 candidatos em cada categoria que disputam o primeiro lugar na competição. Quem fica com o segundo lugar ganha R$ 500 e os terceiros colocados de cada categoria –masculina e feminina- levam R$ 300 pra casa.


O concurso será no segundo sábado de festa, no dia 26,
antes do tradicional Concurso culinário da Queima do Alho.







Google+